conecte-se conosco

Operação

Após sinal verde de comandante, suspeito pela morte de PM aparece morto no Tarumã

Publicado

em

Manaus – Um homem apontado pela polícia como um dos líderes da facção criminosa Comando Vermelho (CV) e conhecido preliminamente como vulgo “Tio Naldo”,. foi morto a tiros, dentro de uma residência no Tarumã, após homens encapuzados invadirem o local.

Naldo era apontado como o principal suspeito de ter matado o Policial Militar Isaías na manhã desta quarta-feira (4) e três pessoas um dia antes. Os crimes foram no mesmo local, na rua Praia do Forte, no Parque Riachuelo, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

De acordo com informações da polícia, “Tio Naldo” era chefe do tráfico de drogas na área do Tarumã e considerado “sangue frio”. Desde o triplo homicídio ele era apontado como o executor e estaria escondido na área do buritizal, no Parque São Pedro, bairro Tarumã, Zona Oeste.

VEJA O VÍDEO AQUI

Moradores da área, que é dominada por facções rivais e temem retaliações, contaram que o criminoso foi visto pela área e chegou a dizer que havia matado um policial.

SINAL VERDE

No início da tarde desta Quarta-feira (4), o comandante da Polícia Militar Coronel Vinícius Almeida havia falado sobre a “força tarefa” que haveria para encontrar os envolvidos na morte do Cabo da PM, Isaías Filho, de 38 anos, morto durante esta madrugada, na comunidade Parque Solimões, bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus.

O comandante afirmou que o crime não ficararia impune e que na noite desta quarta-feira haveria uma grande varredura em Manaus, para tentar identificar os assassinos do militar, porém pode ter sido antecipadada a operação.

“E nesse momento eu quero falar com toda nossa instituição policial militar, nossos 8 mil homens. Nós iremos sair hoje à caça, esse crime não ficará impune!”, disse o coronel.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas